Televendas (19) 3305-0439 Meus pedidos Atendimento

Olá, bem-vindo(a)!
Entre ou cadastre-se
CATEGORIAS LANÇAMENTOS LIVRO DO DIA



Situações de Vizinhança no Condomínio Edilício: Desenvolvimento sustentável das cidades, soluções de conflitos, mediação e paz social Cód. do Produto: 2888

Autor: Michel Rosenthal Wagner




R$ 102,00

em até 2x de R$ 51,00 sem juros
COMPRAR



+ Leia Trecho     



Ano: 2015    Edição: 1ª edição    Número de Páginas: 304    Peso: 0,579 kg    Altura: 23 cm    Largura: 16 cm    Lombada: 2,0 cm    Acabamento: Brochura    I.S.B.N.: 978-85-7625-319-8    Código de Barras: 9788576253198    Valor: R$ 102,00
Esta obra aborda de forma inovadora o tema da sustentabilidade do desenvolvimento urbano contextualizando o condomínio edilício como situação de vizinhança nas cidades. Diferente de outras obras que tratam do fenômeno condominial, focaliza tecnicamente seus ocupantes como grupos de convivência com a vizinhança e com a natureza. Discute a responsabilidade do condomínio na construção de cidades para pessoas, boas para residir, trabalhar e recrear-se com saúde, sossego e segurança. Tudo o mais é tratado como estruturas e suportes facilitadores voltados para este fim: seus regramentos internos, sua gestão econômica, social, ambiental, política, cultural e histórica.
Caracteriza a vizinhança interna condominial em microssituações (diversidade social, acessibilidade, áreas de lazer e recreação intramuros, segurança e vigilância digital) e macrossituações (emissões sonoras, tratamento funcional e estético, fachadas e comunicação urbana, calçamento e paisagismo, mobilidade, fechamento e muramento das áreas, segurança e proteção da violência urbana e economia e aproveitamento de recursos naturais).
Denuncia a necessidade de se estabelecer políticas públicas de vizinhança como conteúdo a ser inserido transversalmente e multidisciplinarmente na legislação, especialmente no que concerne ao licenciamento urbanístico e social de vizinhança, fundado nos princípios de democracia participativa e construção de uma cultura de paz. Propõe a mediação como método de solução racional, rápido, equilibrado e justo de conflitos que permeiam a convivência neste modelo urbanístico.
Pela abrangência e propriedade com que os temas são tratados, torna-se rica fonte de consultas e aplicação no dia a dia da gestão condominial a condôminos, síndicos e administradores, bem como a profissionais e estudiosos do Direito, Arquitetura, Engenharia, Ciências Sociais e do Comportamento, com o norte de avançar nos estudos das situações e relações de vizinhança nos condomínios e nas cidades.

Sobre o Autor:
Michel Rosenthal Wagner
Graduado pela Universidade de São Paulo (1983), advogado especialista em direito imobiliário empresarial, direito contratual e direito educacional. Mestre pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo no Núcleo de Direitos Difusos e Coletivos, Subárea de Direito Ambiental (2014).Atua na consultoria jurídica, ambiental e social. Professor, palestrante e escritor.
Sumário
Introdução

Capítulo I - Considerações Preliminares

Capítulo II - Referências teóricas da aldeia ao condomínio edilício, o modo de viver urbano, as cidades sustentáveis e sua evolução, e o exercício da liberdade nos condomínios
1. Evolução das cidades - da concepção da aldeia à concepção contemporânea dos condomínios nas cidades atuais
1.1. O paralelo entre a aldeia antiga e os atuais condomínios edilícios
1.2. O modo de vida individual e o modo de vida comunitário nas cidades - contexto onde se inserem os condomínios
1.3. A função social da propriedade imobiliária: cidades para pessoas
1.4. Avaliação de sustentabilidade social no desenvolvimento da construção imobiliáriadas cidades
1.5. Fundamentos jurídicos: contexto internacional e Constituição Federal brasileira
2. Parâmetros quantitativos e qualificativos do modelo de urbanização: características qualificadoras
2.1. Dados quantitativos das cidades e zonas metropolitanas no mundo
2.2. Dados quantitativos das cidades e zonas metropolitanas no Brasil: São Paulo como cidade referência.
2.3. Características qualificadoras das urbanizações
2.4. Fundamentos jurídicos: a Política Nacional do Meio Ambiente e o Estatuto das Cidades
3. A liberdade nas cidades contemporâneas - os enclaves e o exemplo intramuros dos condomínios
3.1. A proteção da privacidade e da intimidade intramuros
3.2. A gestão social dos condomínios: os interesses privados individuais, os interesses coletivos e os interesses gerais na qualidade de vida
3.3. Fundamento legislativo e doutrinário: o Código Civil - vizinhança e condomínio edilício

Capítulo III - Conceitos e situações sustentáveis de vizinhança: A imissão e a repercussão dos atos. O bem estar, os parâmetros de tolerância e a responsabilização pelos atos de vizinhança
1. Conceitos de vizinhança no meio ambiente urbano: os conflitos decorrentes da imissão abusiva nos atos de uso da propriedade (atos de vizinhança), os parâmetros de tolerância, responsabilidades, compensações e indenizações
1.1. Conceitos de vizinhança no ambiente urbano
1.2. A imissão e a repercussão dos atos: teorias doutrinárias e características consubstanciadoras dos conflitos de vizinhança
1.3. A reciprocidade dos direitos e deveres prestacionais de vizinhança: obrigações e limitações
1.4. Parâmetros de tolerância: referências qualitativas e a subjetividade da sua avaliação
1.5. A responsabilização pelos abusos nos atos de vizinhança - compensações e indenizações
2. Situações de vizinhança nos condomínios: parâmetros qualitativos balizadores da sustentabilidade nos condomínios, a saúde, o sossego e a segurança, o bem-estar e a qualidade de vida
2.1. As situações de vizinhança: o uso da propriedade imobiliária e o bem-estar
2.2. A sustentabilidade na propriedade condominial: as cinco dimensões do desenvolvimento sustentável na situação de vizinhança do condomínio edilício
2.3. O tripé da saúde, do sossego e da segurança na legislação civil: bem-estar e qualidade de vida
2.4. O condomínio como situação de vizinhança em um contexto de hiperadensamento urbano: o impacto na qualidade de vida e sua verificação
3. Exemplificação de situações de vizinhança na realidade do condomínio
3.1. Macrossituações de vizinhança
3.1.1. O tratamento funcional e estético - arquitetura e arte como catalisadores do uso social da propriedade
3.1.2. Fachadas e comunicação urbana
3.1.3. Calçamento: iluminação e paisagismo urbano
3.1.4. O fechamento e o muramento dos condomínios
3.1.5. Segurança e proteção da violência urbana
3.1.6. Mobilidade urbana - estacionamento e fluxo de entrada e saída de veículos
3.1.7. Economia e aproveitamento de recursos naturais - elétricos, hídricos, resíduos e tratamento de solo
3.2. Microssituações de vizinhança
3.2.1. Diversidade social - aspectos individuais e características pessoais: teoria cultural
3.2.2. Acessibilidade - o direito fundamental de ir e vir no condomínio
3.2.3. Áreas de lazer e de recreação intramuros
3.2.4. A vigilância através de sistemas de registro dos comportamentos no condomínio
3.3. Emissão de ruído, vibração e perturbação sonora ocorrentes na indústria da construção imobiliária - uma análise pontual
3.3.1. Emissão sonora e perturbações - ruídos
3.3.2. Análise à luz do tripé protetivo de prejudicialidadea saúde, sossego e segurança
3.3.3. Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
3.3.4. Normas ambientais - Conama e Ibama
3.3.5. Legislações municipais
4. Fundamentos jurídicos: o licenciamento de vizinhança do Estatuto das Cidades e seu aspecto social urbano

Capítulo IV - O condomínio edilício: Um modelo de habitação humana Tipologias, sua gestão e administração sustentáveis
1. Conceitos e peculiaridades do modelo de habitação imobiliária das urbanizações em condomínios: incorporação imobiliária, tipologias, natureza jurídica do condomínio e de seu regramento particular
1.1. A incorporação imobiliária do condomínio: tipologias, dimensões e seus reflexos
1.2. Natureza jurídica do condomínio
1.3. O regramento interno de cada condomínio: convenção coletiva de condomínio e regulamento interno
1.4. Natureza jurídica do regramento interno do condomínio
2. A gestão e a administração do condomínio: os órgãos e as responsabilidades e os quóruns deliberativos
2.1. A gestão administrativa do condomínio: o síndico, os conselhos e as comissões de trabalho
2.2. Gestão política: a assembleia
2.3. O exercício da participação democrática na gestão do condomínio: o direito político ao sufrágio, e os quóruns para deliberação
2.4. O abuso de direito das minorias e das maiorias
3. A gestão sustentável do condomínio: o uso adequado da propriedade condominial, seu sustento econômico, a sociabilidade comportamental e a possibilidade de expulsão do condômino antissocial.
3.1. O uso adequado da propriedade no condomínio e suas restrições
3.2. O sustento econômico do condomínio
3.3. As advertências e multas ao inadimplente: parâmetros e processo para aplicação
3.4. O condômino antissocial e a possibilidade de sua expulsão

Capítulo V - A construção de uma cultura de paz social nas situações de vizinhança: A solução de conflitos através da mediação
1. Premissas alternativas à violência - a procura de um valor significativo a retratar o avanço do padrão civilizatório norteado pelo ideário da paz social
2. Possibilidade de exercício da cidadania na gestão democrática participativa humanista nos condomínios, e a possibilidade individual de escolha consciente pela não violência
3. O cuidar e o zelar nas situações de vizinhança: a construção de uma cultura colaborativa de paz
4. Os fundamentos filosóficos do contrato de conviviabilidade simbiótico como concepção ideal do regramento do condomínio
5. A mediação em situações de conflitos de vizinhança: instrumento de pacificação das situações de vizinhança no condomínio - a paz social e a "liberdade de ser" decorrente deste ambiente
5.1. A mediação: conceito, tipos, modelos e vantagens
5.2. As características do mediador
5.3. A atitude e o comportamento adequado nos encaminhamentos da mediação
5.4. A mudança de linguagem para o sucesso da mediação e a promoção da paz social na situação de vizinhança no condomínio
5.5. O pacto de conviviabilidade: o acordo como subproduto resultante da mediação
5.6. Técnicas, processo e procedimentos de mediação
5.7. A inserção da mediação na convenção e nos regulamentos internos dos condomínios
Capítulo VI - Conclusão

Referências Bibliográficas

Condutas no Empreendimento

Produtos da mesma área

Ainda não estão disponíveis produtos da mesma área.

Produtos relacionados

Ainda não estão disponíveis produtos relacionados.

Produtos do mesmo autor

Ainda não estão disponíveis produtos do mesmo autor.

FALE CONOSCO
sac@millenniumeditora.com.br
(19) 3229-5588
VENDAS NA INTERNET
sac@millenniumeditora.com.br
(19) 3305-0439
ATENDIMENTO
De segunda a sexta das
8h às 18h (Exceto feriados)
AJUDA E SUPORTE
Como Comprar
Entrega e Frete
Troca e Devolução
Política de Segurança
Meus Pedidos
Cadastro
Cartão de Crédito
Depósito
Boleto Bancário
APROVEITE PROMOÇÕES E SORTEIOS EXCLUSIVOS!      


FORMAS DE PAGAMENTO
Parcele em até 3x sem juros nos cartões Visa, Mastercard, Elo e Diners ou em 1x com Discover (Parcela mínima de R$ 50,00) ou no débito nos cartões Visa Electron e Mastercard Maestro ou pague com o PagSeguro

Av. Marechal Rondon, 473 - Jd. Chapadão
Cep 13070-172 - Campinas - SP - (19) 3229-5588
CNPJ 02.381.094/0001-11 / IE 244.618.127.111
© 2018 - Todos os Direitos Reservados à Millennium Editora

24
Os descontos e ofertas são válidas por tempo determinado e/ou enquanto durarem os estoques.